Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Venda de máquinas agrícolas cresce quase 50% em junho

Mercado | 06/07/2018 | 21h19

Venda de máquinas agrícolas cresce quase 50% em junho

Perspectivas para o segundo semestre levam fábricas a rever para cima projeção anual

MÁRIO CURCIO, AB

As máquinas agrícolas e de construção deram um grande salto em junho, com a venda de 4,9 mil unidades e alta de quase 50% sobre maio (exatos 49,8%). No acumulado do ano foram entregues 19,9 mil unidades e ainda persiste uma pequena retração de 2,3% ante o primeiro semestre do ano passado.

Mas o cenário é de otimismo para o segundo semestre e levou os fabricantes a rever para cima a projeção do mercado interno. Em vez de 44 mil unidades e alta de 3,7%, a previsão agora é de 45,4 mil máquinas e acréscimo de 7%. Os números foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).



- dos dados da Anfavea
- Veja outras estatísticas em



“Vemos somente expectativas positivas para o agricultor brasileiro”, afirma o vice-presidente da entidade, Alfredo Miguel Neto.



“Há uma forte demanda global por alimentos e a desvalorização do real favorece o produtor. Esse fator vem gerando a antecipação de negociações da soja pelo bom preço”, afirma o executivo.

O Miguel Neto ressalta também outros fatores, como o baixo índice de inadimplência atual e os impasses comerciais entre Estados Unidos e China.

“E é provável que o Brasil supere os Estados Unidos este ano em produção de soja”, estima o presidente da Anfavea, Antonio Megale, que também comemora os dados de exportação.

No primeiro semestre as fábricas enviaram US$ 1,7 bilhão em máquinas agrícolas e rodoviárias, 42,9% acima na comparação interanual. “O valor é recorde para o primeiro semestre”, recorda Megale. Em unidades, no entanto, o País enviou 6,1 mil máquinas nestes seis meses, registrando pequena alta de 2,1%.

O cenário atual na Argentina, principal comprador das máquinas brasileiras, forçou a Anfavea a rever para baixo a projeção de exportações: em vez de 15,4 mil unidades e acréscimo de 9,9%, a entidade estima agora 15 mil e aumento de 7%. A redução decorre da seca no país vizinho e da desvalorização do peso.

PRODUÇÃO: TAMBÉM REVISTA PARA CIMA


Como consequência do aumento do consumo interno de máquinas previsto para o segundo semestre, a Anfavea fez uma leve revisão para cima a produção anual. Em vez de 59,4 mil unidades e alta de 12,1%, a entidade acredita agora em 60,4 mil máquinas e acréscimo de 14%.



Tags: Máquinas, máquinas agrícolas, máquinas de construção, retroescavadeiras, tratores de rodas, tratores de esteiras.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência