Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia | 30/05/2018 | 16h29

Kia lança motor híbrido a diesel com propulsor elétrico de 48 V

Sportage será o primeiro a utilizar a tecnologia; montadora também pretende lançar versão a gasolina

REDAÇÃO AB

A Kia apresentará no segundo semestre um novo motor híbrido a diesel equipado com um motor de impulso elétrico a bateria de íons de lítio de 48 volts. Denominado EcoDynamics+ mild-hybrid, o motor reduz as emissões de CO2 ao complementar a aceleração com energia elétrica da bateria e prolongando o tempo inativo do motor a combustão, por meio de uma nova unidade geradora e de partida híbrida MHSG (Mild-Hybrid Start-Generator). Sua estreia será ainda este ano no Sportage, além da terceira geração do Kia Ceed que também receberá o novo motor híbrido em 2019.

Segundo a montadora, a tecnologia pode ser integrada a arquiteturas de veículos já existentes e dependendo do veículo, a bateria poderá ser alocada abaixo do porta-malas. A nova motorização mild-hybrid foi projetada de modo que não necessite de recarga externa, como ocorre nos modelos híbridos plug-in. O sistema está emparelhado com a tecnologia de emissões ativas de redução catalítica seletiva (SCR), reduzindo as emissões de CO2 em até 4% pelo novo Worldwide harmonized Light vehicles Test Procedure (WLTP) e até 7% no New European Driving Cycle (NEDC).

A motorização mild-hybrid de 48 V faz parte da estratégia da Kia em eletrificar seus veículos, que contarão com motorizações híbrida (HEV), plug-in híbrida (PHEV), elétricos a bateria (EV), além da própria mild-hybrid. Serão 16 veículos com novas motorizações até 2025, dos quais cinco híbridos (HEV), cinco híbridos plug-in (PHEV), cinco elétricos a bateria (EV) e em 2020 um novo modelo elétrico com célula de combustível (FCEV).

FUNCIONAMENTO


Ao controlar eletronicamente a MHSG usando o inversor, o sistema do motor alterna entre os modos motor e gerador. Conectado por uma correia ao virabrequim do motor a diesel, sob aceleração, a MHSG fornece até 10 kW de assistência elétrica ao trem de força no modo motor, reduzindo a carga do motor e as emissões. Já no modo gerador, o sistema utiliza a energia cinética do veículo durante a desaceleração e a frenagem em marcha para recarregar as baterias.

Projetada para oferecer maior eficiência dos motores a combustão interna na estrada, a tecnologia usa energia elétrica fornecida e recuperada sem interrupções. No modo motor, a bateria é descarregada sob aceleração, proporcionando torque adicional ao motor para um leve aumento no desempenho sob forte aceleração, ou para reduzir a carga do motor durante leve aceleração.

Em desaceleração, ou ao dirigir em declive ou em direção a um cruzamento, a MHSG muda para o modo gerador, recuperando energia cinética por meio do virabrequim para recarregar a bateria em movimento.

O conversor DC/DC da bateria de 48 V permite que a nova bateria se conecte à fonte de alimentação interna do veículo, levando a uma redução significativa no tamanho da bateria de 12 V necessária para alimentar os componentes eletrônicos auxiliares do carro. A adoção da MHSG também significa que o motor de partida convencional pode ser reduzido e usado principalmente para partidas a frio em baixas temperaturas. A carga da bateria de 48 V ajuda a ligar o motor na maioria das condições. A motorização EcoDynamics+ mild-hybrid é ainda compatível com transmissões manuais e automáticas e pode ser adaptada para tecnologias de tração dianteira, traseira e integral. Os planos da Kia apontam que a tecnologia também será adaptada para uso em motores à gasolina.



Tags: Kia, híbrido, Sportage, diesel.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência