Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Autopeças faturam 23,8% a mais no 1º trimestre

Balanço | 15/05/2018 | 16h53

Autopeças faturam 23,8% a mais no 1º trimestre

Venda às montadoras e exportações mantêm aquecida a indústria de componentes

MÁRIO CURCIO, AB

O faturamento dos fabricantes de autopeças cresceu 23,8% no primeiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado. O período é foi melhor desde o primeiro trimestre de 2014.

O fornecimento às montadoras registrou alta de 24,2%. O mercado de reposição teve alta menor, de 14,7%, já que a base de comparação é alta: com queda relevante nas vendas de veículos novos de 2014 a 2016, o pós-venda registrou altas importantes nos anos seguintes.

As exportações de autopeças anotaram crescimento de 34% sobre igual período do ano passado. Os números foram divulgados pelo Sindipeças, entidade que reúne os fabricantes de componentes para o setor automotivo.



- dos dados do Sindipeças
- Veja outras estatísticas em



O Sindipeças recorda que a recente crise cambial na Argentina afetará o setor de autopeças a partir deste mês de maio, já que o país vizinho é o principal destino de veículos e componentes fabricados no Brasil, mas a desvalorização do real também tende a estimular os embarques para a América Latina, Estados Unidos e Europa.

TAXA DE OCUPAÇÃO DA INDÚSTRIA E EMPREGO


Ainda de acordo com o estudo do Sindipeças, o emprego no setor de autopeças cresceu 8,7% sobre o primeiro trimestre de 2017. A análise sobre os últimos 12 meses mostra variação positiva de 4%.

Também nos últimos 12 meses, a utilização da capacidade instalada avançou 12,9 pontos porcentuais. Em fevereiro a utilização da indústria atingiu 73%, melhor índice desde fevereiro de 2014. Em março se manteve acima dos 70%. É provável que atinja novos picos próximos ou superiores a 75% durante o ano.



Tags: Autopeças, Sindipeças, reposição, pós-venda, emprego, capacidade instalada.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência