Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 14/05/2018 | 19h42

GM anuncia investimento de US$ 2,8 bilhões na Coreia do Sul

Após rumores de que deixaria o país, montadora mantém operação e prevê voltar ao lucro até 2019

REDAÇÃO AB

Após rumores de que deixaria de produzir seus veículos na Coreia do Sul, a GM anunciou um plano de investimento recorde no valor de US$ 2,8 milhões a fim de voltar a ser rentável no país. No mês passado, a montadora havia dito que poderia retornar à lucratividade em 2019 com redução de custos anuais na ordem de US$ 400 milhões a US$ 500 milhões por meio do fechamento de fábricas e dispensa de mão-de-obra, entre outras providências.

No entanto, a GM e o governo da Coréia do Sul concordaram em um pacote de resgate no valor total de US$ 7,15 bilhões, incluindo US$ 2 bilhões para capital de giro e para a redução de uma dívida de US$ 2,8 bilhões em empréstimos existentes que a GM local deve ao país. O plano foi confirmado entre os dois maiores acionistas da filial, a própria General Motors e o KDB, Banco de Desenvolvimento da Coreia (na sigla em inglês), que visam um plano de negócios de longo prazo com o objetivo de devolver a rentabilidade à empresa até 2019.

O novo aporte sustentará a produção local e o lançamento de modelos globais, sendo um SUV de pequeno porte e um crossover, este totalmente novo, ambos para o mercado interno e também destinados à exportação. O plano prevê ainda o desenvolvimento e produção local de um novo motor três cilindros que equipará a próxima geração de veículos globais da empresa, além de retomar campanhas de imagem da Chevrolet com o intuito de recuperar a confiança do cliente na marca.

“Juntamente com o KDB, o governo coreano, o sindicato e nossos parceiros fornecedores, criamos todos os elementos básicos para a execução de um plano de viabilidade a longo prazo que será bom para o nosso pessoal, bom para a nossa empresa e bom para a Coreia”, disse em nota o vice-presidente executivo e presidente da GM International, Barry Engle.

O investimento estrangeiro da GM na Coreia – que deve ser injetado pela matriz, nos Estados Unidos – sustentará 200 mil empregos no país, diretos e indiretos, estima a GM.

“A GM Coreia agora tem os fundamentos certos para desenvolver um negócio de sucesso a longo prazo”, disse o CEO e presidente da GM Coreia, Kaher Kazem.

Com sede em Incheon, a GM Coreia produziu mais de 10 milhões de veículos desde sua criação, em 2002, com a compra da Daewoo.



Tags: GM, General Motors, investimento, Coreia do Sul.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência