Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Anfavea confia na aprovação do Rota 2030 para maio
Antonio Megale, presidente da Anfavea (foto: Ruy Hizatugu)

Indústria | 16/04/2018 | 11h50

Anfavea confia na aprovação do Rota 2030 para maio

Representantes do setor esperam se reunir com o governo na próxima semana para definir próximos passos

MÁRIO CURCIO, AB

O programa Rota 2030 deve mesmo ser divulgado dentro do próximo mês, confia Antonio Megale, presidente da Anfavea, Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores. “Teremos uma nova reunião na próxima semana com o governo (agendada para dia 24). Tudo indica que será anunciado em maio, só não quero divulgar uma data porque ele já foi adiado outras vezes”, afirma o executivo. A informação foi divulgada durante s apresentação de Megale no IX Fórum da Indústria Automobilística, realizado por Automotive Business no WTC, em São Paulo.

Megale rebateu o argumento dos que acusam o programa como instrumento de benefício às montadoras. “Tivemos mais de 100 reuniões técnicas com o governo. O programa exigirá investimento em pesquisa.”

O executivo ressalta que, apesar do desenvolvimento dos veículos elétricos, os motores de combustão interna terão espaço no País por muito mais tempo por causa do etanol, mas é preciso um programa que mantenha o investimento local no desenvolvimento de uso dos biocombustíveis. “O desenvolvimento precisa ocorrer aqui. O tema central do Rota 2030 será a geração de conhecimento, já que o avanço tecnológico também passará pela cadeia de fornecedores”, afirma Megale. Ele recorda que todos os grandes países têm uma política industrial para o setor automobilístico.

“O Inovar-Auto trouxe ao Brasil R$ 25 bilhões em investimentos e resultou em R$ 7 bilhões de redução de consumo de combustível. O que teremos com o Rota 2030 será uma política de longo prazo, em que haverá metas de eficiência energética, segurança e também em pesquisa e desenvolvimento.”



Megale se mostrou confiante na retomada da indústria com mercado doméstico e exportações em alta. “Este ano o Brasil produzirá entre 3,05 e 3,1 milhões de veículos e a exportação será recorde, com mais de 800 mil veículos.” De acordo com o executivo, a média diária de emplacamentos se manteve próxima a 10 mil unidades na primeira quinzena de abril, com vantagem de 16% até o momento sobre igual período de 2017.



Tags: Anfavea, Rota 2030, Antonio Megale, IX Fórum da Indústria Automobilística.

Comentários

  • PauloScopel

    BomDia, gostaria que solicitassem ao Sr. Antonio Megale se o setor de moldes e matrizes vai entrar no Rota 2030, pois todos sabemos que para fabricar carros, temos que ter moldes e matrizes e pelo que estamos sabendo, deixaram de fora nosso setor. Obrigado

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência