Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Com vendas em alta, produção de caminhões avança 55% no trimestre

Indústria | 05/04/2018 | 18h25

Com vendas em alta, produção de caminhões avança 55% no trimestre

Fábricas entregam mais de 24,4 mil unidades no período, mas ociosidade segue em 70%

SUELI REIS, AB

Com as vendas e exportações aquecidas, a produção de caminhões avançou 55% no primeiro trimestre quando comparado com igual período do ano passado, apontam os dados da Anfavea divulgados na quinta-feira, 5. A associação das montadoras indica que foram entregues de janeiro a março mais de 24,4 mil unidades: há um ano, este volume era de 16 mil. Só em março, as linhas de produção elevaram seus volumes em 28% sobre o total feito em fevereiro, ao atingirem as 9,9 mil unidades. Sobre março de 2017, este volume foi 67% maior.



- dos dados da Anfavea
- Veja outras estatísticas em



A retomada das vendas é um dos principais fatores que impulsionou o ritmo das linhas de montagem: no primeiro trimestre, o mercado brasileiro comprou 14,5 mil unidades, 50,4% a mais do que em iguais meses do ano passado. Março contribuiu com quase 6 mil caminhões, aumento de 46,8% sobre o volume de 4 mil licenciados em fevereiro. Também houve avanço de 44,5% sobre março de 2017, quando o setor havia vendido 4,1 mil veículos pesados.

“Foi o melhor março desde 2015”, comemorou o presidente da Anfavea, Antonio Megale.



Megale explica que o setor de transporte de cargas é termômetro do PIB: “Se estamos vendendo caminhões é porque a economia vai bem”, argumenta. “Abril já começou bem, com média diária acima de 300 unidades”, revela. Em março, a média de vendas de caminhões foi de 282 unidades nos 21 dias úteis do mês. Ele aponta que vários fatores vêm contribuindo para os volumes mais elevados neste ano e cita que o mercado agora conta com mais alternativas de financiamento além do Finame (BNDES), como o CDC (crédito direto ao consumidor), que passou a ser uma opção competitiva para os transportadores (leia aqui), além do leasing operacional, que vem sendo utilizado por algumas empresas.

Assim como o mercado interno, as exportações também seguem em alta: nos primeiros meses do ano, o volume subiu 25,3% na comparação anual, para pouco mais de 7,3 mil unidades.

Contudo, o executivo considerou que a ociosidade do segmento segue em alta: atualmente, a indústria nacional de comerciais pesados está utilizando apenas 30% de sua capacidade total. “É um crescimento que traz bons números, mas ainda precisa crescer mais: este volume de 14,5 mil nos remete ao nível de vendas de 2003”, lembra Megale.

O vice-presidente da entidade, Luiz Carlos de Moraes, lembra ainda que a base de comparação ainda é muito baixa, embora ele indique otimismo por parte das fabricantes: “O telefone está tocando”, afirma, em alusão ao maior movimento nos departamentos de vendas e no setor de distribuição. Moraes afirma que há crescimento em todos os principais subsegmentos da economia, com destaque para o agronegócio.

“Este crescimento de 50% no trimestre confirma que estamos no caminho certo para alcançar a nossa previsão de aumentar de caminhões as vendas em 25% neste ano. Vamos parar de falar de queda e falar de crescimento agora. Com o crescimento da economia, previsto entre 2,8% a 3%, acreditamos que o segmento volte a ter mais representatividade no crescimento do País.”



Tags: Produção, vendas, caminhões, Anfavea, capacidade ociosa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência
Нашел в интернете важный портал со статьями про Рак желудка клиника.
source bestseller.reviews

tamada.ua/foto/