Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Locadoras compraram 360 mil veículos em 2017

Mercado | 14/03/2018 | 20h07

Locadoras compraram 360 mil veículos em 2017

Número equivale a 16,6% dos emplacamentos do ano passado; faturamento cresceu acima dos 10%

As locadoras compraram em 2017 um total de 359,7 mil veículos, volume 65% maior do que os negócios realizados no ano anterior. A frota total das empresas passou de 660 mil para 700 mil unidades. O faturamento bruto cresceu 12,3% ao anotar R$ 15,5 bilhões. O líquido registrou alta pouco menor, de 11,6%, com R$ 13,5 bilhões. Os números foram revelados pela Associação Brasileira das Locadoras de Veículos (Abla).

O maior volume de negócios em 2017 foi fechado com a General Motors. A montadora forneceu 70,6 mil veículos, praticamente o dobro de 2016 (36,9 mil). Somente do Chevrolet Onix foram 37,9 mil unidades. A FCA Fiat Chrysler aparece agora em segunda posição, com 69,1 mil veículos.

“Eles perderam o primeiro lugar por causa da saída de linha do Fiat Palio”, afirma Paulo Miguel Júnior, presidente do conselho da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla).



A Renault foi a terceira no ranking, com 57 mil unidades repassadas às locadoras em 2017. De acordo com a Abla, 80% da frota das associadas é formada por hatches e sedãs pequenos.


De 2016 para 2017 a idade média da frota diminuiu de 20,7 para 18 meses e deve baixar ainda mais em 2018, quando as empresas pretendem comprar 400 mil veículos ou mais.

O número de locadoras avançou 2,5%, de 11,2 mil para 11,5 mil empresas em 2017. O total de usuários atingiu 27,2 mil, registrando alta de 17,2% sobre o ano anterior. O presidente da Abla acredita que 30 mil carros foram alugados no ano passado por motoristas de aplicativo, o equivalente a pouco mais de 4% da frota total. “Ainda é um número baixo e estimado apenas. Pode crescer”, afirma o presidente da Abla.

A terceirização de frotas respondeu por 58% dos negócios em 2017, mesmo porcentual registrado em 2016. Já a parcela do turismo de lazer baixou de 25% (2016) para 23% (2017), enquanto o turismo de negócios avançou de 17% para 19%.


Assista ao vídeo com o presidente da Abla e os dados do setor:




Tags: Abla, locadoras, Chevrolet, Fiat, FCA, Chrysler, Paulo Miguel Júnior, Palio, Onix, Renault, Chevrolet.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência