Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Empresa indiana PCL investirá US$ 30 milhões em 1ª fábrica no Brasil

Autopeças | 22/02/2018 | 17h03

Empresa indiana PCL investirá US$ 30 milhões em 1ª fábrica no Brasil

Unidade será instalada em Santa Gertrudes para atender montadora de São Paulo

REDAÇÃO AB

A fabricante de componentes automotivos PCL (Precision Camshafts Limited), da Índia, anunciou investimento de US$ 30 milhões no Brasil, equivalente a R$ 96 milhões, para erguer sua primeira fábrica nas Américas. O local escolhido é Santa Gertrudes, cidade que fica a 180 km da capital paulista, para a produção de eixos de comando de válvula (componente de motor). Também faz parte do projeto da PCL iniciar em Santa Gertrudes uma plataforma de fornecimento de peças que atenda fabricantes de motores em outros países da América Latina, principalmente o México.

No início de suas operações no Brasil, está previsto apenas a produção de eixos de comando, com amostras disponíveis até o fim deste ano. Também até o fim de 2018, a empresa pretende contratar 70 funcionários com meta de chegar a 250 em até três anos de operação.

A chegada da empresa ao Brasil teve apoio da Investe São Paulo, agência de promoção de investimentos do estado, e foi solicitada por uma montadora instalada em São Paulo, para que possa lançar sua nova linha de motores – o nome da montadora não foi divulgado.

Segundo a Investe SP, a PCL indicou que será possível nacionalizar outras linhas de produção no futuro, a depender da reação do mercado.

“A vinda da PCL é uma amostra da confiança dos investidores de todo o mundo no crescimento do mercado de autopeças no Brasil”, afirma Sérgio Costa, diretor de negócios da Investe SP. “Diversas empresas como essa tem percebido que a tendência desse mercado nos próximos anos é crescer e que estar em solo brasileiro é dar um passo à frente da concorrência”, complementa.

Com sede em Solapur, Maharashtra, na Índia, a PCL foi fundada em 1992 como usinagem de válvulas de comando. O produto continua sendo o core-business da empresa, que desde então, cresceu com a participação acionária de um grupo britânico e duas joint-ventures na China. Com um total de dez fábricas, das quais oito na Índia e duas na China, a companhia mantém meta ambiciosa de alcançar um total de 20% no mercado global de válvulas de comando.



Tags: Investimento, US$ 30 milhões, PCL, Santa Gertrudes, eixos de comando de válvula.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência