Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Grupo PSA compra participação majoritária na Jian Xin

Negócios | 09/02/2018 | 15h53

Grupo PSA compra participação majoritária na Jian Xin

Com aquisição, grupo quer expandir seus serviços de pós-venda na China
REDAÇÃO AB

O Grupo PSA anuncia a compra de participação majoritária da Jian Xin, uma das principais distribuidoras de peças para o mercado de reposição de Xangai, na China. Fundada há mais de 20 anos, e empresa contabiliza vendas anuais de 5 milhões de peças das principais montadoras globais e atuantes naquele mercado.

O negócio permitirá à PSA se estabelecer no mercado de reposição independente na China, a fim de acelerar o crescimento das vendas de peças multimarcas, com acesso ao sistema de distribuição logística altamente competitivo. A estratégia incluirá a nova linha de produtos Eurorepar, desenvolvidas especificamente para o mercado chinês pelo Grupo PSA.

Segundo a montadora, a aquisição também permitirá a expansão de sua rede de oficinas Euro Repar Car Service, uma vez que a maioria dos clientes da Jian Xin são oficinas independentes de reparo automotivo e que provavelmente se unirão à rede.

“Nossa estratégia de pós-venda multimarca, um dos pilares do plano estratégico Push to Pass, visa atender às necessidades de todos os clientes de pós-venda no mundo, independente do seu poder de compra, marca ou idade do seu veículo”, avalia o diretor mundial da PSA para aftermarket, Christophe Musy. “A China será, em breve, o maior mercado de pós-venda do mundo e temos muitas ambições neste país. Desta forma, já estamos assegurando fortes posições no mercado”, conclui.

Tags: PSA, distribuição, peças, China.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência