Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 17/01/2018 | 19h32

Produção de motos fica abaixo da expectativa das fabricantes

Indústria projetou 890 mil para 2017, mas entregou 882,8 mil unidades
REDAÇÃO AB

A produção de motos em 2017 ficou abaixo da expectativa dos fabricantes, que projetaram volume de 890 mil unidades para o período, embora tenham alcançado número próximo ao esperado. Com o fechamento do ano, o volume real entregue foi de 882,8 mil motocicletas, um leve aumento de 0,5% na comparação com o resultado do ano anterior, representando estabilidade no setor, conforme dados divulgados na quarta-feira, 17, pela Abraciclo, associação das fabricantes.



- Veja aqui o balanço do fechamento de 2017 da Abraciclo
- Veja os dados completos de 2017 da Abraciclo
- Veja outras estatísticas no novo site da .

Os emplacamentos de motos tiveram queda de 5,4% no comparativo anual, ao fechar o período com 851 mil unidades, com base nos dados do Renavam. Contudo, os números mostram uma ligeira reação no último mês do ano, cujas vendas, que ficaram em 77,4 mil, foram 18,6% maiores que as de novembro, quando o setor emplacou 65,1 mil. Com o desempenho de dezembro, a média diária de vendas do mês aumentou 18,6% sobre novembro, para 3,8 mil unidades vendidas por dia útil. Já na comparação com dezembro de 2016, ainda há queda tanto no volume de vendas, de 4,2%, quanto na média diária, de 5,4%.

As vendas no atacado (para as concessionárias) também encerram 2017 em queda, de 5,1%, ao totalizar 814,5 mil contra as 858,1 mil de 2016. Entretanto, o repasse às lojas em dezembro (68,5 mil) aumentou 22% sobre idêntico mês do ano anterior, embora a entidade tenha registrado queda de 6,2% no confronto do volume de novembro.

Por outro lado, as exportações tiveram alta expressiva de 38,6% em 2017, com 81,7 mil motos embarcadas. Na análise isolada de dezembro, foram 7,1 mil itens exportados, avanço de 11% sobre igual mês do ano anterior. No comparativo com novembro, há uma queda de 7,4%. A Argentina foi o principal destino das motocicletas produzidas no Brasil, com 56,8 mil unidades, seguida por Colômbia (7.767) e Estados Unidos (5.129 unidades).

PROJEÇÕES

A Abraciclo já havia divulgado suas projeções para 2018 na primeira quinzena de dezembro passado, quando ainda possuía apenas a previsão do fechamento de 2017. Agora, com a consolidação dos números, a entidade atualizou apenas os índices de variação das projeções, mantendo os volumes de produção, vendas no atacado, vendas no varejo e exportações.

Veja como ficou:



Tags: Produção, motos, motocicletas, Abraciclo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.
AB Inteligência