Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 10/01/2018 | 16h58

Renault-Nissan vai investir US$ 1 bilhão em startups de mobilidade

Alliance Ventures será o maior fundo de capital de risco do setor automotivo

REDAÇÃO AB

A Aliança formada por Renault, Nissan e Mitsubishi anunciou a criação de um fundo de capital de risco de US$ 1 bilhão para investir nos próximos cinco anos em startups focadas em mobilidade. Chamada de Alliance Ventures, a nova estrutura é a maior de venture capital já anunciada na indústria automotiva, segundo a companhia, com aporte de US$ 200 milhões confirmado para o primeiro ano.

Renault e Nissan terão, cada uma, 40% do controle do fundo. Os outros 20% serão da Mitsubishi. A nova empresa já nasce com presença global e escritório em cinco regiões: Vale do Silício, nos Estados Unidos, Paris, na França, Pequim, na China e Yokohama, no Japão. François Dossa, vai comandar a operação do empreendimento. O executivo tem experiência no mercado financeiro e foi presidente da Nissan no Brasil.

O objetivo é financiar negócios focados em eletrificação, autonomia, conectividade e inteligência artificial. “A forma como estamos organizados hoje já não é o suficiente”, declarou Carlos Ghosn ao comentar o assunto durante a CES Las Vegas, evento de tecnologia que acontece nos Estados Unidos.

Com a iniciativa, a Aliança Renault Nissan segue uma tendência já bastante difundida em outras indústrias: se aproximar de startups para buscar tecnologias, acelerar a inovação e se arejar internamente. O objetivo é acompanhar a digitalização da indústria automotiva, que tende a gerar menos receitas com a venda de carros e firmar seu modelo de negócio na oferta de serviços de mobilidade. General Motors, BMW e Toyota também anunciaram fundos de capital de risco recentemente.

Com a iniciativa, a Aliança Renault Nissan segue uma tendência já bastante difundida em outras indústrias: se aproximar de startups para buscar tecnologias, acelerar a inovação e se arejar internamente. Ghosn citou que, para acompanhar a mudança do modelo de negócio, é essencial trabalhar com parceiros externos e startups. “Não acho que conseguimos fazer tudo sozinhos.”

O primeiro investimento da Alliance Ventures já está definido. O fundo vai comprar participação na Ionic Materials, startup dos Estados Unidos focada no desenvolvimento de baterias de estado sólido que poderão ser usadas em carros elétricos no futuro.



Tags: Renault Nissan, Alliance Ventures, capital de risco, venture capital.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência