Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Volkswagen apresenta o Virtus por inteiro

Lançamentos | 16/11/2017 | 21h00

Volkswagen apresenta o Virtus por inteiro

Sedã foi desenvolvido no Brasil sobre a mesma plataforma MQB do Polo

PEDRO KUTNEY, AB



A Volkswagen fez a apresentação global do sedã Virtus na quinta-feira, 16. Derivado do hatch Polo lançado no fim de setembro (leia aqui) e construído sobre a mesma plataforma MQB, o carro já está sendo produzido em São Bernardo do Campo (SP), na mesma linha do Polo, mas chega às concessionárias da marca no País somente em janeiro próximo, quando os preços serão conhecidos. Ao contrário do irmão hatch, o sedã compacto encontra menos interessados na Europa, por isso foi desenvolvido pela engenharia brasileira da Volkswagen para países latino-americanos, será produzido e vendido primeiro na região, para só depois tentar a sorte em outros mercados.

Assim como está fazendo com o Polo, que chama abertamente de Mini Golf, a Volkswagen apresentou o Virtus como versão menor de seu sedã médio, o Jetta. “O Virtus é quase um Jetta”, confirmou durante a apresentação do carro Markus Kleimann, vice-presidente de desenvolvimento de produto da Volkswagen do Brasil. Seria uma estratégia arriscada se os dois modelos maiores vendessem mais do que estão vendendo – a categoria de hathces médios representada pelo Golf atualmente representa cerca de 1% das vendas totais no Brasil. “Não há prejuízo nisso porque aproveitamos a boa reputação de Golf e Jetta para atrair clientes que gostam dos dois mas não podem comprar nenhum dos dois, que são de gama superior”, explica Thomas Owsianski, vice-presidente executivo a VW América do Sul e também responsável por vendas e marketing na região.

De maneira geral, o design externo do Virtus lembra mesmo o seu irmão maior Jetta, mas lembra ainda mais o primo Audi A3 Sedan – da linha de produtos de uma das marcas do Grupo VW e por isso também construído sobre a plataforma MQB, mas com níveis de acabamento e motorização superiores, há dois anos montado no Brasil na fábrica da Volkswagen em São José dos Pinhais (PR). Nada impede, contudo, que o consumidor veja no Virtus uma opção bem mais barata do que o primo rico, assim como quer a Volkswagen com a estratégia de compará-lo seu sedã de categoria superior.

GLOBAL REGIONAL



“O Virtus é um carro global, desenvolvido sobre nossa plataforma modular MQB, mas desenvolvido inicialmente para o gosto e necessidades dos clientes brasileiros e sul-americanos”, diz Owsianski, para quem o sedã será peça fundamental no objetivo de alcançar vendas de 1 milhão de veículos/ano nos 29 países da divisão SAM da Volkswagen (criada no ano passado, que engloba América do Sul, Central e Caribe).

Assim como fez com o Polo, a Volkswagen quer dar ao Virtus o caráter de entregar mais conforto, segurança, design e desempenho do que entregam carros da mesma categoria. No caso, os concorrentes eleitos até o momento são os sedãs compactos Hyundai HB20S, Ford Fiesta Sedan, Chevrolet Prisma e Honda City. Com 4,48 metros de comprimento e 2,65 m de entre-eixos, o Virtus tem a maior cabine do segmento onde quer atuar. O bom porta-malas de 521 litros também está entre os maiores, mas até uma prancha de surf pode ser embarcada quando os dois bancos (traseiro direito e dianteiro do passageiro) são rebatidos.



O Virtus deverá ser vendido inicialmente em versão de entrada com motor 1.6 (110/117 cv, 15,8/16,5 kgfm) e topo de linha com o 1.0 TSI (turbo com injeção direta e 115/128 cv, 20,4 kgfm) e câmbio automático de seis velocidades. Nessa última configuração, segundo medições da Volkswagen, o Virtus acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e atinge velocidade máxima de 194 km/h (dados com etanol). No campo das especulações, se quiser a fabricante também poderia encaixar em um Virtus com pegada mais esportiva o seu motor 1.4 TSI turbinado de 150 cv, também produzido na fábrica de motores de São Carlos (SP) e que já equipa na plataforma MQB o Golf e o Audi A3 Sedan montados no Brasil.

Os preços do Virtus só serão revelados em janeiro, mas o mercado aposta em valores de R$ 60 mil a R$ 75 mil – mas pode passar dos R$ 80 mil caso o cliente queira comprar o pacote que inclui o Active Info Display, painel de instrumentos 100% digital e configurável, que além dos tradicionais velocímetro e conta-giros pode mostrar dados de navegação e computador de bordo em diversos formatos e tamanhos na tela de 10,25 polegadas.

Quando equipado com o motor 200 TSI, assim como o Polo, o Virtus vem de série com ESC (controle eletrônico de estabilidade), que além de evitar derrapagens engloba vários outros recursos eletrônicos de assistência, como controle de assistência de partida em rampa HHC (Hill Hold Control), assistência de frenagem HBA (Hydraulic Brake Assist) ou BAS, bloqueio eletrônico do diferencial XDS+, limpeza automática dos discos de freio BSW, e monitoramento da pressão dos pneus RKA+, entre outros.

MANUAL COM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL



O Volkswagen Virtus será o primeiro automóvel no Brasil a trazer o “manual cognitivo”, que usa a plataforma IBM Watson de inteligência artificial e responde no smartphone dos motoristas questões sobre o veículo, incluindo informações contidas no manual do carro.

O manual cognitivo virá incluído no aplicativo Meu Volkswagen, que pode ser instalado em smartphones e inclui também funcionalidades de agendamento de manutenção e contatos de emergência do VW Service e seguradoras. A tecnologia do Watson responde questões escritas ou faladas, em português e espanhol – para atender também os clientes de países sul-americanos onde o Virtus será vendido.



Tags: Volkswagen, Virtus, lançamento, apresentação, América do Sul, Brasil.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência
Этот классный web-сайт на тематику узнать больше money-credit.com.ua.
на сайте kls-agency.com.ua

также читайте ivf-lab.com