Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 13/11/2017 | 18h44

Continental considera produzir baterias de estado sólido

Para fabricar a tecnologia, companhia investiria em três novas fábricas

REDAÇÃO AB

A Continental estuda a possibilidade de produzir baterias de estado sólido nos próximos anos. A tecnologia é vista como o próximo passo tecnológico para os carros elétricos, já que é mais leve, com recarga mais rápida e garante autonomia maior aos veículos. A informação é da agência Automotive News Europe. Segundo a publicação, a empresa já descartou a possibilidade de fabricar baterias de íons de lítio, usadas atualmente em carros elétricos.

Segundo a companhia, a indústria enfrenta atualmente problemas com o peso e o custo das baterias dos carros elétricos, coisas que devem ser resolvidas na nova geração de estado sólido. Se for adiante no projeto, a Continental poderá firmar parcerias para dividir os custos, que devem partir de € 3 bilhões para uma fábrica com capacidade produtiva para 500 mil baterias por ano.

O plano seria instalar três plantas, uma em cada um nos maiores mercados consumidores: China, Europa e Estados Unidos. A produção começaria entre 2024 e 2025. O projeto da empresa poderia ter algum incentivo na União Europeia, que se empenha em atrair um fabricante do segmento, já que toda a produção está atualmente concentrada na Ásia.



Tags: Continental, bateria de estado sólido, tecnologia, carro elétrico.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência