Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Pesados têm mais um semestre negativo

Mercado | 04/07/2017 | 20h21

Pesados têm mais um semestre negativo

Emplacamentos de caminhões e ônibus caem 13,8%, aponta Fenabrave

SUELI REIS, AB

Embora represente apenas 2% do total de veículos vendidos no primeiro semestre, o segmento de pesados, que inclui caminhões e ônibus, encerrou mais um período em baixa. Os emplacamentos recuaram 13,8% no primeiro semestre quando comparado com igual período do ano passado, de acordo com o balanço divulgado na terça-feira, 4, pela Fenabrave. Foram licenciados pouco mais de 27,9 mil unidades contra as 32,3 mil de um ano antes, que já fora bastante negativo para o setor.

-Veja aqui os dados da Fenabrave
-Veja aqui outros dados de emplacamentos
- Veja outras estatísticas em AB Inteligência

Quem mais caiu foram os caminhões: de janeiro a junho, as vendas não passaram de 21.461 unidades, volume que fica 15,6% abaixo do apurado há um ano, quando o País emplacou 25.428. “A safra contribuiu [para as vendas], mas não foi suficiente para reverter o cenário”, lamenta o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr., ao apresentar os resultados do setor para a imprensa em São Paulo.

No comparativo mensal, as vendas de junho cresceram 1,48% sobre as de maio, ao passarem de 4,11 mil para 4,18 mil caminhões. Contudo, sobre igual mês de 2016, este volume ainda representa retração, ainda que leve, de 0,19%.

Embora alguns fatores macroeconômicos estejam apontando para um viés positivo, segundo Tereza Maria Dias, da MB Associados, consultoria econômica que atende a Fenabrave, o setor necessita de maior consolidação: “É preciso crescer 3%, 4% ao ano para só aí consolidar um cenário mais economicamente estável, mas é fato que sem investimento em infraestrutura, o País não vai conseguir avançar”, afirma.

No segmento de ônibus, o cenário também é de queda: em seis meses foram emplacados 6,4 mil chassis, 7,25% menos do que em mesmo período de 2016, quando os empresários compraram quase 7 mil ônibus novos. No resultado isolado de junho, o setor do transporte de passageiros agregou 1,5 mil unidades novas, o que significa aumento de 18,6% sobre maio e de 6,6% na comparação com junho de 2016.

Com isto, a Fenabrave, que em janeiro projetava para o ano um viés positivo no setor de pesados, revisa suas previsões e agora aponta para mais um período no vermelho (leia aqui).



Tags: Fenabrave, vendas, emplacamentos, caminhões, ônibus, Alarico Assumpção Júnior.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência
best-cooler.reviews/category/igloo/

suzuki украина

перевозка квартиры