Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Comerciais | 29/01/2015 | 17h45

MAN Latin America comemora recorde de vendas de ônibus no México

O crescimento foi de 50% para chassis Volkswagen em 2014

REDAÇÃO AB

A MAN Latin America do México registrou aumento de 50% nas vendas de chassis de ônibus da Volkswagen, o que significa 766 veículos comercializados em 2014, um marco histórico para a empresa no país.

A fabricante, responsável pela comercialização das marcas Volkswagen e MAN no país, registrou também aumento no segmento de micro-ônibus, com participação de mercado de 62% em 2014, representando alta de 11% em relação ao ano anterior.

O diretor geral da unidade mexicana reitera que o programa de ampliação da rede continuará e que fez parte da receita de sucesso da companhia no ano passado. “Oferecemos hoje a linha mais completa de caminhões e ônibus em todo território mexicano, são produtos sob medida para cada necessidade”, disse o executivo. Para o gerente executivo de vendas internacionais, Ricardo Albuquerque, os números positivos refletem os atributos das marcas MAN e Volkswagen.

A empresa está no México faz mais de dez anos e já comercializou no país 12,5 mil veículos das duas empresas. A projeção de vendas, segundo a companhia, é de aumento de 50% no mercado de caminhões em 2016, perante 2015, e 58% com os ônibus.

A fábrica no México, em Querétaro, monta os caminhões VW Worker 15.190, VW Constellation 17.280 e 24.280 e comercializa os VW Worker 8.150 e 9.150 e os novos VW Delivery 8.160 e 9.160, importados da unidade de Resende (RJ).



Tags: MAN Latin America, Man, VW, Volkswagen, caminhões, ônibus, México.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência