Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Importadores | 11/03/2014 | 19h49

Vendas das empresas da Abeifa avançam 12,1%

Entidade projeta estabilidade na comparação com 2013

GIOVANNA RIATO, AB

As vendas das empresas associadas à Abeifa, entidade que reúne importadoras e fabricantes de veículos, cresceram 12,1% no primeiro bimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2013, para 17,7 mil unidades. Parte da alta é justificada pelo maior número de dias úteis do início deste ano. Segundo a entidade, as vendas seguem em patamar equilibrado desde setembro do ano passado.

Marcel Visconde, vice-presidente da associação, lembra que só agora a entidade tem uma base de comparação fiel à realidade, com o efeito do adicional de 30 pontos porcentuais no IPI e das cotas de importação, sem distorções como estoques formados antes do aumento do Inovar-Auto, como aconteceu no início de 2012. Em fevereiro as empresas filiadas à entidade venderam 8,3 mil veículos, com expansão de 16,3% sobre o mesmo mês de 2013 e queda de 11% na comparação com janeiro último.

Ao apresentar os dados em coletiva de imprensa na terça-feira, 11, a entidade enfatizou que a participação de seus associados no mercado brasileiro se estabilizou perto de 3% após o Inovar-Auto. No primeiro bimestre do ano as vendas de modelos nacionais responderam por 79,9% do total de emplacamentos do País, enquanto as de importados pelas empresas filiadas à Anfavea ficaram em 16,9% e as da Abeifa representaram 3,3%.

A associação admite que este ano será desafiador. “A ideia é perseguir os números alcançados em 2013, apesar da Copa do Mundo e das eleições, que podem afetar os negócios”, aponta Visconde. A Abeifa reconhece também a possibilidade de alcançar crescimento próximo de 5% na comparação anual.

Entre os fatores que podem puxar esta expansão estão as cotas de importação concedidas às empresas habilitadas ao Inovar-Auto como investidoras. Com projetos de construção de fábrica no Brasil, empresas como Audi e Jaguar Land Rover já podem trazer do exterior volumes maiores sem o adicional de 30 pontos no IPI, de acordo com a capacidade produtiva que terão no País. Com isso, pode haver elevação das vendas.



Tags: Abeifa, importadores, veículos, Inovar-Auto.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência
karter-kiev.net

Вы можете купить диплом в СПб недорого с доставкой.
iwashka.com.ua/katalog-tovarov/zhenskaya-gigiena/tampony/