Automotive Business
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias
Ford amplia na Argentina para fazer novo Focus
Presidente da Ford na Argentina, Enrique Alemañy, comunica investimento no país à presidente

Indústria | 11/04/2013 | 19h55

Ford amplia na Argentina para fazer novo Focus

Unidade de Pacheco receberá investimento de US$ 195 milhões para aumento de capacidade

REDAÇÃO AB

A Ford anunciou que investirá o equivalente a US$ 195 milhões para ampliar sua fábrica na Argentina para a produção do novo Focus. Pelos planos da montadora, a unidade de Pacheco, na capital Buenos Aires, aumentará sua capacidade produtiva em 19%, ao passar de 480 unidades por dia para 572 unidades por dia ou 66 mil unidades ao ano. Deste total, 71% serão destinadas às exportações. A ampliação demandará 300 novos postos de trabalho.

O anúncio foi feito pelo presidente da Ford na Argentina e Chile, Enrique Alemañy à presidente argentina Cristina Kirchner, que estava acompanhada pela ministra da Indústria, Débora Giorgi. Com este aporte, a Ford concluirá o plano de investimento equivalente a US$ 527,7 milhões entre 2011 e 2014. O executivo informou ao governo argentino que o projeto do novo Focus consumiu mais de US$ 194,5 milhões (mais de 1 bilhão em pesos argentinos).

Parte do aporte, US$ 58,3 milhões, será destinada ao desenvolvimento de peças e componentes fabricados localmente. Atualmente, a Ford trabalha com 87 fornecedores diretos com produção local.

“A produção na fábrica de Pacheco de uma segunda plataforma global na região mostra a relevância da Argentina no plano global da Ford”, disse Enrique Alemañy. A segunda plataforma global na linha de Pacheco que o executivo se refere é destinada a produção da nova picape Ranger, hoje produzida também na Ásia e na África.

“Este investimento de uma líder mundial como a Ford permitirá consolidar nosso país como plataforma regional para a indústria automotiva, o que significa mais e melhores empregos para todos os argentinos”, comentou a ministra Giorgi.



Tags: Ford, investimento, Focus, Argentina, Pacheco, Débora Giorgi, Cristina Kirchner, Enrique Alemañy.

Comentários

  • Diego Rios

    Eu sou fã do Ford Focus. Acho um carro muito gostoso de dirigir, embora caro em relação aos concorrentes, que vêm mais bem equipados. A versão GLX (intermediária) do Focus costuma ser menos equipado que as versões de entrada do 308, Versa, e i30. Espero que o aumento de produção ajude a derrubar o preço aqui, que começa em mais de 25mil dólares, enquanto nos EUA o carro começa nos 16 mil dólares, isto é, 50% mais caro!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência
also best-cooler.reviews

uncensored lesbian porn