Automotive Business
Siga-nos em:

Inovação

Ver mais notícias

Tecnologia | 27/02/2018 | 17h8

Mercedes-Benz testa caminhões elétricos no dia a dia

Modelos eActros farão transporte urbano em condições reais

A Mercedes começa a testar neste mês na Europa dez caminhões elétricos com peso bruto total (PBT) entre 18 e 25 toneladas. Os veículos serão avaliados por transportadores em condições reais de uso. A companhia pretende desenvolver veículos de carga silenciosos e livres de emissão para ambientes urbanos. Eles podem entrar em linha em 2021.

“Queremos trabalhar em conjunto com os clientes para avançar ainda mais no desenvolvimento do eActros e torná-lo uma proposta viável do ponto de vista técnico e comercial”, afirma o chefe mundial da Daimler Trucks e da Daimler Buses, Martin Daum. “Queremos entender o que ainda precisa ser feito em termos de tecnologia, infraestrutura e serviço para tornar nosso caminhão elétrico competitivo”, ressalta.

Neste primeiro momento a Mercedes está repassando a seus clientes as versões de dois e três eixos do eActros, voltadas ao transporte urbano de mercadorias e serviços de entrega. Segundo a empresa, os caminhões têm autonomia de 200 quilômetros.

A Mercedes escolheu transportadores que trabalham com diferentes aplicações, de alimentos e materiais de construção. Os caminhões elétricos vão substituir veículos a diesel. Os transportadores vão testar os eActros por 12 meses. Depois disso os caminhões serão repassados a um segundo grupo para mais um ano de uso.

De acordo com a Mercedes, o sistema de propulsão usa dois motores elétricos instalados nos cubos de roda do eixo traseiro. Eles têm refrigeração líquida, operam em 400 volts e geram 125 quilowatts cada um, com torque máximo individual de 485 Newtons/metro. As reduções de engrenagem convertem esse torque para 11 mil Nm cada, resultando num desempenho de rodagem equivalente ao de um caminhão a diesel.

As baterias se distribuem em 11 conjuntos e são protegidas por compartimentos de aço por motivo de segurança. A recarga ocorre entre três e 11 horas.



Tags: Mercedes, Mercedes-Benz, eActros, PBT, Daimler Trucks, Daimler Buses, Martin Daum.

Veja também

AB Inteligência