Automotive Business
Siga-nos em:

Inovação

Ver mais notícias
Com Easy Ride, Nissan passa a ter serviço próprio de transporte em autônomos

Estratégia | 23/02/2018 | 18h25

Com Easy Ride, Nissan passa a ter serviço próprio de transporte em autônomos

Novidade entra em testes no Japão a partir de março e fará da montadora concorrente de empresas como a Uber

REDAÇÃO AB

Montadora de veículos e provedora de serviços de mobilidade. Esta é nesta categoria que a Nissan pretende entrar com o lançamento da Easy Ride, plataforma de transporte que a empresa começa a testar no Japão a partir de 5 de março. O serviço concorre diretamente com o ofertado por companhias de tecnologia como a Uber e será oferecido em carros autônomos elétricos. A iniciativa da montadora é feita em parceria com a DeNA, empresa japonesa de tecnologia que tem concentrado cada vez mais esforços no desenvolvimento de veículos autoguiados.

Com isso, enquanto a maior parte das montadoras firma parcerias com empresas de transporte, a Nissan é uma das primeiras a desenvolver frota própria sem motorista e criar um braço de mobilidade. A mudança do modelo de negócio da indústria, com a oferta não só de produtos, mas de serviços, é vista como uma caminho essencial para que as empresas tradicionais permaneçam relevantes após a chegada dos carros autônomos no mercado.

A Easy Ride deve começar a operar em escala no mercado a partir de 2020. Os testes serão feitos em itinerário pré-determinado – um percurso de cerca de 4,5 quilômetros. Tudo monitorado a partir de um centro remoto. Os passageiros podem pedir o serviço de deslocamento pelo aplicativo da empresa, que funciona por texto ou comando de voz. Depois de usar o serviço, os consumidores responderão a uma pesquisa da empresa sobre a experiência na plataforma, indicando, inclusive, quanto pagariam pela viagem se ela fosse cobrada.



Tags: Nissan, Easy Ride, carro autônomo, serviço.

Veja também

AB Inteligência