Automotive Business
Siga-nos em:

Inovação

Ver mais notícias

Elétricos | 08/06/2018 | 19h14

Honda e GM se unem para desenvolver baterias

Acordo visa a criação de novos componentes químicos, incluindo células e módulos

REDAÇÃO AB

A Honda e a General Motors anunciam um acordo para o desenvolvimento conjunto da próxima geração de baterias a serem utilizadas em carros elétricos de ambas. As empresas se comprometeram para a criação de novos componentes químicos de baterias, incluindo células e módulos, como forma de acelerar a eletrificação de suas linhas. Segundo comunicado conjunto divulgado na sexta-feira, 8, a próxima geração de baterias deverá fornecer maior capacidade de energia, ao mesmo tempo em que serão menores e mais ágeis na recarga.

Será utilizado como base a próxima geração do sistema de bateria da GM, cujos módulos também serão utilizados pela Honda. Segundo as empresas, esta colaboração proporcionará economia de escala e eficiência global de manufatura.

Esta é a segunda vez que as empresa se unem pela eletrificação: GM e a Honda já têm um histórico de acordo, tendo formado a primeira joint venture do mercado para produção de um sistema avançado de célula de combustível a hidrogênio até 2020. As equipes de desenvolvimento trabalham de forma integrada para oferecer uma solução comercial mais acessível para o sistema de armazenamento de células de combustível e hidrogênio.

As duas montadoras não elaboraram o cronograma além de afirmar que é um contrato plurianual. Atualmente, o esforço de eletrificação da Honda tem sido extremamente limitado devido ao foco da empresa em células a combustível de hidrogênio. Quanto à GM, a montadora promete vários novos veículos elétricos: no ano passado, anunciou a expansão de seus planos para carros elétricos com a adição de dois novos modelos baseados na plataforma do Bolt EV para os próximos dezoito meses e depois mais 18 veículos elétricos em novas plataformas nos próximos 5 anos. Por ora, o Bolt EV é o seu único veículo totalmente elétrico em produção e as baterias são fabricadas pela LG Chem.

“Além da nossa parceria para o desenvolvimento e produção de células de combustível, esta colaboração para componentes de bateria nos permitirá dar um novo passo em direção à realização de uma sociedade sustentável”, disse o chefe executivo da operação de automóveis e managing officer da Honda, Takashi Sekiguchi.

“Nossa experiência de décadas e investimentos estratégicos em eletrificação, juntamente com o compromisso da Honda em promover o avanço da mobilidade, resultarão em melhores soluções para nossos clientes e um progresso em nossa visão de emissões zero”, comenta o vice-presidente executivo de desenvolvimento global de produtos, compras e cadeia de suprimentos da GM, Mark Reuss.



Tags: Honda, GM, baterias, acordo, carro elétrico.

Veja também

AB Inteligência