Automotive Business
Siga-nos em:

Opinião | Joel Leite |

Ver todas as opiniões
Joel Leite

Enxurrada de SUVs, todos com motor turbo de alto rendimento

No intervalo de apenas um mês chegaram meia dúzia de utilitários esportivos turbinados

Em apenas um mês, da segunda quinzena de março até agora, houve uma leva considerável de lançamentos de utilitários esportivos, a maioria com motor turbo de alto rendimento e baixo consumo, com preços de R$ 125 mil a R$ 310 mil.

O Tiguan, com motor flex 1.4 de 150 cavalos com cinco ou sete lugares, é apenas o primeiro dos cinco SUVs que a Volkswagen vai lançar até 2020. Tem também uma opção 2.0 de 220 cavalos.

A BMW chegou logo com dois: o X2, importado da Alemanha (de R$ 212 mil a R$ 247 mil), e o X3, este montado na fábrica de Araquari, em Santa Catarina. Isso porque a BMW já tem aqui o X1, o X4 e o X5, quer dizer, são cinco utilitários esportivos.

Tem mais: a Volvo lançou o XC40, com motor 2.0 turbo opções de 190 e 255 cavalos.

A Honda veio com o novo CR-V, também um turbo 1.5 de 190 cavalos. E a Peugeot com o 5008, outro 1.6 turbo, de 165 cavalos de potência.

É um segmento em que há grande procura, atinge um consumidor com alto poder aquisitivo e, de quebra, tem facilidade de financiamento, porque tem lastro, tem patrimônio que garante o pagamento do empréstimo.

____________________________________________________
Este artigo foi publicado originalmente na
[email protected]

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência